in , ,

Financiamento de veículo pelo Santander. Como funciona?


Um dos bancos que estão entre os mais ofertados em financiamentos de veículos, por oferecer as menores taxas de juros no mercado. Confira conosco se vale a pena investir em um financiamento na empresa.

O Santander é uma empresa que está entre os seis maiores bancos mais procurados no Brasil que realizam financiamentos de automóveis. Um dos grandes detalhes de cada instituição é o valor da taxa de juros, no qual faz a total diferença na hora de somar o valor de cada pacote.


Na grande maioria dos casos, essa forma de negócio torna algo preocupante por isso a importância de realizar um estudo sobre cada taxa a ser cobrada antes de realizar a finalização do financiamento. De acordo com pesquisas realizadas pelo Banco Central, a empresa cobra cerca de 1,28% de taxas de juros ao mês, e 16,43% ao ano. Ainda segundo essa análise o Santander está em primeiro lugar como aquele que oferece a menor taxa de juros no mercado.

Mas e aí? Será que vale a pena mesmo?


Vale a pena investir nesse banco? Para que essa resposta seja completa, vamos fazer uma pequena comparação entre à instituição e o Bradesco, para que você tenha a ideia do resultado do impacto dessas porcentagens no valor final do financiamento. Por exemplo, para financiar um automóvel com um pacote de 36 meses no valor de R$ 25 mil reais, sendo que você dará um valor de entrada de R$ 5 mil reais. Neste caso o valor do banco Santander será de R$ 25. 086,24 (porcentagem de 1,28% ao mês), já o Bradesco ficara por R$25.641,36 (porcentagem de 1,41% ao mês).


O banco Bradesco, neste caso, ocupa o segundo lugar com taxas mais baixas, ocasionando uma diferença de R$ 555,12. Essa simulação tem o intuito de mostrar a diferença nos valores, ocasionando em alguns dos casos custos maiores. Vale ressaltar que esse simulado se trata apenas de um pequeno exemplo, o ideal é procurar cada instituição e se informar diretamente sobre os pacotes e serviços disponibilizados por cada empresa.
Tanto uma pessoa física quanto uma jurídica pode procurar esse tipo de financiamento, independente do caso, a pessoa irá criar uma conta no banco, mas para isso, não é cobrada nenhuma taxa de cadastro. Documentos como RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda são os básicos para realizar a negociação como uma pessoa física. Segundo pesquisa, para realizar o financiamento como pessoa jurídica, o grupo Santander não informa quais os documentos necessários, mas normalmente cobra-se o CNPJ da empresa.


Outro fator muito importante é que muitas instituições cobram outras tarifas que podem estar relacionado ao pacote ou a qualquer outro detalhe, mas o fato é que, você que procura esse meio como forma de adquirir seu tão sonhado carro em mãos, procure o banco para esclarecer e ficar por dentro de todas as informações possíveis sobre taxas de juros e também sobre a forma do contrato.


Independentemente de tudo, para conseguir um financiamento com o Banco Santander você precisa entrar em contato com a empresa e verificar todas as informações. Esperamos que nosso artigo tenha lhe ajudado. Caso queira saber mais, clique aqui.

One Ping

  1. Pingback:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como financiar um veículo com o nome sujo no SPC?

Saiba quais são os cinco melhores bancos digitais